1820rugby1 87cb21871rugby2 6670c1996rugby3 db91d2000rugby4 e815crugby5 fbc33rugby6 e8870

O rugby é um esporte praticado em equipe, utilizando um campo retangular extenso, as mãos e uma bola oval. É bastante similar ao futebol americano, mas é formado com um time por 15 jogadores titulares e 6 reservas.


A tradicional história do rugby diz que o criador do esporte foi William Webb Ellis, um estudante londrino, que durante uma partida de futebol realizada em 1823, na Rugby School, o jovem teria ficado irritado com o jogo monótono, agarrando a bola nos braços e corrido pelo campo, provocando a ira de seus colegas, que tentaram pará-lo de qualquer maneira.


Uma outra versão diz que a bola era carregada com os braços com frequência durante os anos de 1820 e 1830. Estudantes da Rugby School dizem também que a bola carregada fazia parte do jogo há muito tempo, contrariando a história de William.


Em 1871 foi fundada a Rugby Union, em Londres, que se expandiu para todo o mundo. No país de Gales, em que o rugby tem raízes profundas principalmente na população mais humilde, encontrou terreno propício para o seu desenvolvimento auxiliado pelo incentivo populacional.


Um evento importantíssimo para o rugby é o Torneio das Seis Nações, realizado anualmente pelas equipes da Inglaterra, País de Gales, Irlanda, Escócia, França e Itália. Além deste evento, existe o torneio das Três Nações, disputado por equipes da Nova Zelândia, Austrália e África do Sul. Além desses campeonatos, as principais seleções do mundo disputam anualmente uma série de amistosos, denominados Tests, campeonatos muito valorizados no mundo do rugby.


O rugby é o segundo esporte de equipes mais popular no mundo, superado apenas pelo futebol. Disputado em mais de cem países, é bastante popular na França, Itália e Argentina. Apesar de ser o terceiro evento esportivo mais visto no mundo, a modalidade ainda está fora dos Jogos Olímpicos desde 1928.


O espírito do rugby é uma doutrina para seus praticantes. Prega-se que o esporte é praticado por um grupo de trinta pessoas, que somente no momento do jogo divide-se em dois grupos de quinze.


Portanto, fora do campo, não há lugar para rivalidades e atitudes antiesportivas. Prova disso é que após as partidas, os jogadores tradicionalmente reúnem-se no chamado "terceiro tempo" em que, com muita cerveja e alegria, cantam, socializam e comentam os principais lances da partida.